O Sincretismo Religioso na Umbanda

O que é Sincretismo

Sincretismo é quando você pega duas ideias e transforma em uma terceira.​

Jesus criou uma Seita Cristã, que se tornará uma grande Religião. Trezentos anos depois, Constantino, Imperador de Roma, dá licença para o advento do Catolicismo.​

O que é o Catolicismo? Sincretismo. Porque? Porque se usou a cultura Romana e a cultura Judaica, e se formou o Catolicismo.​

A estrutura de Templo é toda da cultura Romana, como a imagem de Santos. No Judaísmo não tem imagem.​

Maomé Mohamed era religioso, se recolhia para meditar em um sincretismo de Cristianismo com Judaísmo. Depois da visita do anjo Gabriel, ele escreve o Alcorão.​

O próprio Judaísmo tem um histórico milenar de uma cultura Sumeriana fundida com uma cultura Babilônica​.

Moisés era uma africano, Semita( Conjunto Linguístico de vários povos), que foi criado como Judeu. Fugiu da casa dos Egípcios e foi pro deserto onde aprende com Jetro, um sacerdote Etíope.​

Moisés volta para o povo Semita, que é a origem do Judaísmo. Tendo como base a cultura Egípcia e Etíope. 

O Sincretismo na Umbanda

Nada surge do nada. Nesse mundo, nada se cria, tudo se transforma. Todas as Religiões se formam de cultos e culturas anteriores, de onde se reutilizam de símbolos, ritos, mitos, combinados e com novos significados.

Dessa forma foi com o Judaísmo, Cristianismo, Islamismo, Induísmo, Budismo, etc. Não poderia ter sido diferente com a Religião de Umbanda.

A Umbanda apresenta Sincretismo com várias Religiões, porém não se funde à nenhuma delas.

Sincretismo Católico

Dentro da Umbanda, existe o sincretismo entre Orixás e Santos Católicos.​

Não quer dizer que o Orixá seja o Santo, ou vice versa.​

É apenas uma forma de ir ao encontro de todos os Brasileiros. Você pode ser de qual religião for, mas se chegar dentro de um Terreiro e ver a imagem de Jesus Cristo, você já tem uma ligação lá dentro.​

Zélio de Morais (saiba mais), veio de uma família extremamente católica, e até hoje as imagens de Santo estão em seu Terreiro (saiba mais), em Cachoeiras de Macacu. Uma curiosidade, é que, na grande maioria dos Terreiros de Umbanda, está assentado em primeiro lugar, Jesus ( sincretizado com Oxalá) de braços abertos. Na Tenda Nossa Senhora da Piedade, essa imagem é substituída pela imagem de Nossa Senhora da Piedade segurando Cristo no colo.

Orixás x Santos

Oxalá – Jesus Cristo​

Logunã – Santa Clara​

Oxum – Nossa Senhora das Candeias e Nossa Senhora de Aparecida​

Oxumaré – São Bartolomeu​

Oxóssi – São Sebastião​

Obá – Joana D’arc​

Xangô – São Gerônimo​

Egunitá – Santa Sara Kali​

Ogum – São Jorge​

Iansã – Santa Bárbara​​

Nanã – Sant’anna​

Obaluaê – São Lázaro​

Yemanjá – Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora da Gória, Nossa Senhora dos Navegantes​

Omolu – São Roque​

Sincretismo com o Candomblé e o Espiritismo

Candomblé

Com o Candomblé a Umbanda não apresenta sincretismo, mas apenas algumas semelhanças. A Umbanda também tem em seu ritual o culto aos Orixás. Que embora tenham se mantido com seus Nomes Africanos, também são conhecido na Umbanda por Tronos de Deus, suas vibrações.

Embora na Umbanda exista o culto aos Orixás, é um culto renovado e diferente de como é nas Religiões de Matriz Africana. Na Umbanda não é feito nenhum tipo de sacrifício animal, sendo as flores, frutos,velas, bebidas, as formas do Umbandista cultuar os Orixás

Espiritismo

Não existe um sincretismo com a religião de kardec, mas a Umbanda traz elementos em comum com o Espiritismo.

A anunciação da religião de Umbanda se deu em um Centro Espírita, na Federação Espírita do Rio de Janeiro. em 1908 ( saiba mais).

Outras semelhanças entre Umbanda e espiritismo:

Crença na Reencarnação;

Crença na Evolução do Espírito;

Crença na comunicação mediúnica

Por que tudo isso dentro de uma Religião?

Para que caiba, para que consiga no mesmo espaço receber a tudo aquilo que cabe no coração de um
brasileir. Porque estamos falando de uma religião brasileira. Estamos falando daquilo que nasce dentro de uma cultura miscigenada. A cultura brasileira é uma cultura totalmente sincrética.

A Umbanda nasce como um espelho da cultura brasileira.
Como ir ao encontro de todos os brasileiros ou ir ao encontro de uma realidade brasileira, ir ao seu encontro, se não fosse assim, com a cara do Brasil, a cara do brasileiro?

Então, quando alguém lhe falar que a Umbanda é Sincretismo, não se sinta diminuído pela sua religião. Apenas observe que, todas as religiões nascem de outras anteriores.​

Saiba Mais:



Dúvidas, Sugestões, Críticas?

Francene Arnaut

Francene Arnaut

Formada em Teologia de Umbanda, é médium de Terreiro há 25 anos. Ministra aulas sobre Umbanda.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter

Anuncie Aqui

Seja nosso parceiro, anuncie em nossa página

1 comentário em “O Sincretismo Religioso na Umbanda”

  1. Pingback: O que é Umbanda? - Estudo de Umbanda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *